• received_10210457862228974.jpeg
  • 2017-07-05 06.30.14 1.jpg
  • slider07.jpg
  • slider03.jpg
  • slider01.jpg
  • slider08.jpg
  • 20180801_103517.jpg
  • slider04.jpg
  • epoca balnear 2016.jpg
  • slider02.jpg
  • slider06.jpg
  • slider05.jpg
  • 20180801_103459.jpg
  • moto saf 5.jpg
  • slider10.jpg
  • moto saf 4.jpg
  • IMG_20170711_111356.jpg
  • 20045867_1096878697112854_1989479487_n.jpg
Imprimir

Nadadores Salvadores podem ficar isentos de propinas

Os estudantes universitários que queiram ser nadadores salvadores podem ter acesso a propinas reduzidas ou até ficar isentos, de acordo com as recomendações do grupo de trabalho criado para delinear uma estratégia integrada de prevenção e segurança balnear.

Segundo o relatório final deste grupo de trabalho, a que a Lusa teve acesso, para cativar os jovens para a atividade de nadador salvador é igualmente recomendada a criação de uma época especial de avaliação para estes estudantes.

O grupo de trabalho criado para analisar o modelo de segurança balnear propôs ainda a criação de um Observatório próprio para esta área e um mecanismo de financiamento do setor através de verbas do turismo.

Segundo a Lusa, o Observatório seria uma entidade sem fins lucrativos, mas com fins públicos, que se ocuparia da análise e reflexão dos assuntos referentes à prevenção e segurança das atividades realizadas nas praias, piscinas e recintos de diversão aquática.

O grupo de trabalho incluiu elementos da Presidência do Conselho de Ministros e de diversos ministérios, desde o Ambiente e Ordenamento do Território à Saúde, passando pela Administração Interna e pela Defesa, que coordenou o estudo.

05-Agosto-2011

Câmara Municipal de Espinho
Junta de Freguesia de Espinho
Instituto de Socorros a Náufragos
Bombeiros Voluntários de Espinho